Tikura

O TIKURA tem como elemento central do seu símbolo o inseto conhecido como “LOUVA DEUS”. O nome TIKURA tem origem na língua indígena Tupi Guarani que traduzido para português significa Louva Deus. O Louva Deus representa para os índios um símbolo de harmonização, equilíbrio e cura dos corpos físico, mental, emocional e espiritual.

Quando concebemos a ideia de criar um núcleo voltado não só para o tratamento do ser, mas também para a educação e capacitação do indivíduo, vislumbramos um espaço que, além de propor a harmonização e cura de males oriundos das massacrantes atividades da vida moderna, pudesse ajudar a estabilizar o indivíduo desarmonizado, estressado e já em processo de somatização (que o levará a doenças mais graves), oferecendo informação e capacitando-o a promover a auto cura, assistindo aos que lhe são caros, ou seja, seus amigos e familiares.

tikura-bh

A ideia é difundir ao mundo uma nova ordem e consciência da verdadeira estrutura do ser humano. Sabemos que o corpo físico é a forma mais densa do ser e que as doenças emocionais e físicas se manifestam nessa forma mais densa somente depois de percorrer um longo caminho por seus outros corpos mais sutis.

Nesses tempos de profundas transformações é vital que o individuo possa acordar para uma nova ordem, onde os valores atuais serão substituídos por conhecimentos em relação a si e às reais necessidades do outro, que a truculenta batalha para TER, será substituída pela suave caminhada ao SER e que essas mudanças passarão pelo desapego à maneira que até então a maioria vem se relacionando com todas as coisas.

Nessa direção o TIKURA vem com seu corpo de profissionais integrados a novas terapias e concepções de tratamentos, preparados e capacitados por escolas modernas e também tradicionais, aliando o que já se conhece ao novo, trazendo aos seus amigos, parceiros e clientes, a vanguarda do autoconhecimento e cura de seus males seja no corpo físico, mental, emocional ou espiritual.

Família Tikura