post

Como acender vela para o anjo de guarda?

Cada um de nós tem um anjo de guarda que está conosco desde que nascemos. Nosso anjo é especificamente designado para nós e eles viajarão conosco todos os dias de nossas vidas.

É reconfortante saber que o olhar atento do nosso anjo de guarda está sempre próximo. Por isso é importante mantermos uma conexão com o nosso anjo, e uma forma de fazer isso é acendendo a vela para ele.

Porque eu acendo vela para anjo de guarda?

Porque a vela de anjo de guarda é uma proteção, ela é a sua conexão com uma proteção espiritual. Ela ajuda a dar mais clareza na mente, clareza nas emoções, a ver e agir com mais sabedoria, porque ela vai te colocar em uma energia superior de vibração.  O anjo de guarda vem trazendo uma força para o seu campo energético, pra sua aura, pra sua cabeça, pra sua visão.

Aonde eu vou acender a vela para o anjo de guarda?

Você pode ascender um altar, se tiver um em casa, se não tiver um altar, é legal que você escolha um espaço, e deixe ele separado e arrumado para esse ritual.

O que preciso usar para acender a vela?

Você vai precisar de um pires de cerâmica, de preferência na cor branca, um copo para o mel (o mel é um elemento agregador, ele vai ajudar a trazer essa presença e alimentar o seu campo com essa vibração de amor, de serenidade, de doçura), um copo para a água (a água é um filtro, tanto que quando a pessoa está muito carregada, você vai perceber que a água vai estar cheia de bolinhas, parecendo uma água gasosa, não beba essa , ela não é para beber, ela vai estar funcionando como um filtro, a água é muito receptiva, então ela vai fazer essa função de filtrar, de purificar) e uma vela branca. Dê preferência por copos brancos ou transparentes.

A vela você pode utilizar a palito, que dura em média umas 2 horas, a vela de 12 horas ou a vela de 7 dias.

Se usar a vela de 7 dias, não retire o plástico que a envolve, pois assim ela se mantem firme.

Sempre que a vela terminar, você deve descartar o mel e a água, pode ser na pia mesmo, limpar tudo e colocar mel e água novos para um novo ritual.

Em qual horário do dia posso acender a vela?

No horário em que você realmente puder parar, sem pressa, para se conectar com o seu anjo da guarda. Se você tiver algum compromisso e tiver tempo certo para acender a vela e sair, o melhor é aguardar para um outro momento, porque a forma que você acende, a energia que você passa para a vela faz total diferença.

Qual o processo para acender a vela do anjo de guarda?

Segure a vela na mão, e faça um movimento de limpeza, como se você estivesse retirando as impurezas que possam estar presentes, porque a vela passa de mão em mão até chegar até você, então faça esse movimento com intenção de retirar a energia que está na vela.

Depois disso, segure a vela com as duas mãos, e faça movimentos passando a sua energia para a vela e fazendo a sua oração para o seu anjo de guarda.

É muito legal também você dar um nome para o seu anjo de guarda, e não fale para ninguém, isso fica entre você e seu anjo de guarda, assim fortifica ainda mais essa conexão e também impede que outras pessoas tentem entrar em contato com intenções que não sejam positivas.

 Depois de feita sua oração, energizando a vela, coloque-a no pirex. Gosto de esfregar as mãos para energizar os chacras das mãos. Com as mãos empostas, peça (orando) que ative esse espaço mágico, que te conecte com seu anjo de guarda (nesse momento, faça uma oração para ativar esse espaço mágico).

Depois, você vai levantar a vela acima da cabeça, e com o fósforo você vai acender a vela, segurando com a mão direita, nesse momento você evoca a presença do seu anjo de guarda (mantendo a vela acima da cabeça), peça que ele envolva o seu mental em sua vibração sagrada, que te guarde, que te proteja, que te ilumine.

Coloque a vela no topo da cabeça.

Esse momento agora é muito importante, pois você vai visualizar a chama da vela indo até o universo, encontrando o seu anjo de guarda. Fique o tempo necessário nessa visualização.

Sentiu que conectou com o seu anjo de guarda, você vai dar sete voltas na cabeça, em sentido horário, visualizando essas 7 voltas, envolvendo os seus sete chacras principais.

Finalizou as sete voltas, agradeça (Amem), agora coloque a vela no pires.

Fazendo a firmeza do seu anjo de guarda dessa forma você pode colocar a vela em um local abaixo da cabeça, porque a firmeza inteira dele foi feita acima da cabeça, pegando do topo da sua cabeça para sua aura inteira.

Então, essa firmeza te dá essa possibilidade de colocar a vela abaixo da cabeça. Se não for feito dessa forma, você acende a vela em um lugar alto, acima da cabeça e deixe ela queimando.

Se a vela apagar, você tem que refazer todo o ritual, não é apenas acender.

Quando ela apaga mais de 3 vezes, você deve jogar a vela fora, porque ela pode ter puxado uma energia mais densa, ai você descarta essa vela e acende outra, fazendo todo o ritual novamente.

Toda semana, acenda sua vela para o anjo de guarda, cuide de você, cuide do seu anjo de guarda. Mantenha essa boa conexão com seu anjo de guarda.

 


Em nosso canal no Youtube você pode ver o vídeo completo, ensinando o passo a passo para acender a vela para o seu anjo da guarda, clique aqui para assistir ao vídeo.

Quer aprender como o fogo pode auxiliar a fazer uma limpeza energética, descarregar energias negativas e cortar magias negras? Venha participar no nosso Curso de Magia do Fogo. Clique aqui e inscreva-se.

Espero que tenha gostado do nosso artigo, fique à vontade para compartilhar!

o-enforcado-

A carta que rege 2019 – O Enforcado

Com o tarô, temos a oportunidade de não sermos pegos de surpresa sobre a energia que vai envolver, sobre certos acontecimentos que nos aguardam durante o ano. Mas, devemos sempre encarar cada ano que entra como uma possibilidade de renovação dos desejos, das atitudes e das esperanças sobre aquilo que queremos.

Como identificamos qual arcano vai reger esse ano?

Somando os números do ano, então se eu somo 2+0+1+9 eu tenho o número 12, e esse número é o Arcano do Enforcado. A carta do Enforcado é uma carta negativa, independente da carta ser positiva ou negativa, cada carta tem os dois aspectos, em equilíbrio e em desequilíbrio. Essa carta, normalmente é associada a bloqueios, privações e frustações. O ano de 2019 irá exigir de cada um frequentes revisões de atitudes e comportamentos.

Como esse arcano influencia no campo da saúde?

O Enforcado em desiquilíbrio nos faz ver o quão incômodo pode ser esta posição invertida. Cansaço, dores, perca da fé, depressão, complicações que por conta de descuido constante, podem ser frequentes e cada vez mais sérias.

Uma visão importante

Nesse ano é essencial olhar para o outro com humildade, não se colocar superior nem inferior aos outros e sim assumir seu lugar e suas escolhas, nas quais devem ser feitas com amor.

Há um chamado para ver as necessidades da humanidade, independente do país, raça ou quaisquer outras diferenças.

Se você não conseguir se compadecer pela dor do outro, talvez você não esteja conseguindo se compadecer pela sua própria dor.

Olhe para sua dor, olhe para suas necessidades, olhe para as carências, olhe para aquilo que está faltando, para aquilo que você não está se respeitando, para os excessos que você tem cometido, então cure a sua ferida, porque só com essa ferida curada, você vai conseguir enxergar o outro com amor e se compadecer com a dor do outro.

Mantenha o equilíbrio emocional para passar pelas situações difíceis e diminuir o medo da vida e da morte.

Seja verdadeiro consigo mesmo, suas atitudes para com o próximo precisam ser verdadeiras, de coração!

O tarô nos mostra muitas formas de interpretação das cartas, usando sua intuição e as tiragens. Venha fazer o curso de Tarô e Baralho Cigano.

Clique aqui e se inscreva.

 

Gostou do artigo e tem interesse em saber um pouco mais sobre o Enforcado, clique aqui para assistir o vídeo que preparei.

 

 

 

 

 

deusa-uzume

Deusa Uzume – Use mais o humor na sua vida!

Deusa da alegria, da felicidade, do riso, essa é a Deusa Uzume. Uma deusa borbulhante com uma personalidade efervescente, e o principal mito a que ela está associada é fantástico.

O irmão de Amaterasu, uma deusa do sol, em um ataque de ciúme, matou um cavalo e atirou-o a seus pés, deixando-a profundamente ofendida e magoada. Devido a isso, Amaterasu se escondeu no fundo de uma caverna. Mas isso era um problema, pois ela era uma deusa do sol, e levava a luz com ela.

Os deuses e deusas imploravam para que ela saísse, mas ela se recusava, só que Uzume teve uma ideia. Ela colocou um espelho fora da caverna e uma banheira, na qual ela dançou. Essa dança foi muito cômica e obscena quando Uzume tirou suas roupas e se revelou, fazendo com que os deuses e deusas rissem e causassem um grande tumulto. Com isso, a curiosidade de Amaterasu tirou o melhor dela e ela foi até a entrada da caverna. Da entrada, ela avistou seu reflexo brilhante no espelho e foi atraída para fora. Uma vez fora, os deuses e deusas a agarraram e selaram a caverna atrás dela para que ela não pudesse recuar para dentro novamente. As deusas pediram a Amaterasu que retomasse a sua função divina, e ela concordou. Viu tanta alegria e gargalhada que ficou feliz em estar fora da caverna.

Essa história nos mostra como Uzume usou o humor para resolver uma situação difícil, e que ela também não teve receio em se expor e deixar que as pessoas rissem dela. Uzume sabe sobre o poder do riso e do humor, e não tem medo de usá-lo.

Ela é associada tanto a dança quanto a percussão, enquanto seus pés batiam na banheira criando um ritmo para sua dança.

Essa dança hilariante demonstra o forte poder de cura da dança, ritmo e riso.

Uzume diz que a totalidade é alcançada quando você decide-se a rir e a enxergar o hu-mor em todos os desafios da vida.

Nos dias em que se sentir um pouco triste, onde tudo parecer escuro, sem previsão de luz para iluminar seu caminho…. DANCE!

Uma boa maneira de se conectar com Uzume é fazendo o que ela mais gosta de fazer: dançar! Dance e cante livremente, libertando-se de toda a tristeza, desprendendo-se de todos os problemas.

Conheça o Círculo Sagrado do Amor ao Feminino, a cada encontro iremos evocar uma Deusa e identificar o que ela representa para nós.

Que saber mais? Clique aqui!